wiideman-link-intersect-1
O que é uma análise competitiva de links? Nos termos mais simples, é uma forma de encontrar os backlinks de seus concorrentes, além de descobrir como e de onde conseguem esses backlinks.

Por Que Você Deveria Fazer Uma Análise de Links?

Uma análise de links permite a você encontrar domínios que linkam para os websites de seus concorrentes, mas que ainda não estando linkando para o seu. Também proporciona uma chance maior de encontrar websites que são relevantes ao seu negócio para outros tipos de marketing de marketing e publicidade.

Outras razões para fazer uma análise de links:

  • Fornece uma lista completa de oportunidades de link building
  • É possível saber exatamente onde a concorrência está conseguindo seus links
  • Ajuda a entender a estratégia dos concorrentes com link building

O primeiro passo em uma análise competitiva é formar uma lista com seus concorrentes. A melhor maneira de fazer isso é realizar uma pesquisa no Google para:

  • Concorrentes Diretos
  • Concorrentes Locais
  • Influenciadores de sua Indústria
  • Sites que Estão Ranqueando para Palavras-Chave de sua Indústria

wiideman-link-intersect-2
wiideman-link-intersect-3

Os próximos passos serão baseados no número de concorrentes que você encontrar que são relevantes ao seu negócio. Para esse blog post, escolhemos usar Ahrefs, mas há outras ferramentas que também podem lhe ajudar nessa tarefa como SEMrush, Majestic, etc. Ahrefs permite que você execute um relatório de cruzamento de links (link intersect) de até 10 domínios. Se precisar de mais de 10, será necessário executar um relatório de backlinks para cada um dos domínios separadamente, e combiná-los em uma tabela dinâmica (pivot table) para conseguir chegar aos mesmos resultados do relatório automático do Aherfs, o que pode ser um pouco complicado para quem é menos experiente com o Microsoft Excel.

Abaixo nós descreveremos como serão executadas ambas as formas em detalhes.

Como Executar uma Análise Competitiva Para “Até” 10 Domains

A. Listar os Domínios de Seus Maiores Concorrentes

Agora vamos começar criando um relatário de cruzamento de links (link intersect) seguindo esses passos abaixo:

  1. Primeiro, você tem que acrescentar o domínio de seus concorrentes na ferramenta de cruzamento de links (link intersect tool) no Ahrefs, que é encontrada ao clicar em “Tools” (localizado na barra de navegação superior da Home Page) e depois “Link Intersect”. Liste os domínios e não se esqueça de selecionar a opção “any of the below targets” (qualquer um dos alvos abaixo) para seus concorrentes, para em seguida inserir o seu domínio no espaço representado por “But doesn’t link to…” (mas que não linka para…). Você está basicamente dizendo a ferramenta que quer todos os backlinks que os concorrentes tem (não somente em comum), mas que o seu domínio ainda não possui.
  2. wiideman-link-intersect-4

  3. Clique em “Show Links Opportunities” (mostre oportunidades de links) para executar a análise dos links.
  4. Uma vez que você visualiza a página do relatório, vá para topo direito da página e clique em “Export” (exportar). Faça o download como um “Full Export” em formato de arquivo CSV.

B. Exportando e Organizando no Excel

Uma vez que você exportou seus dados, é hora de ordenar a lista de forma organizada. No topo, os dados são separados em “Referring Domain” (Domínio de Referência), “Domain Rating” (Avaliação do Domínio – DA), “Ahrefs Rank” (Ranqueamento do Ahrefs), “Intersect” (número de concorrentes que conseguiram links desse domínio) e os domínios selecionados ao rodar o relatório (mostrando o número de backlinks que cada um dos concorrentes conquistou para aquele domínio):
wiideman-link-intersect-5

  • Ordene os dados pela coluna “Intersect”, seguido pela coluna “Domain Rating” (ambos do maior valor para o menor). Para fazer isto, vá para “Sort” (Ordenar) -> “Custom Sort” (Ordem Customizada), depois insira os dados conforme a imagem abaixo:
  • wiideman-link-intersect-6

  • Isto dará uma ideia concreta de quais domínios serão provavelmente mais fáceis de conseguir um backlink para seu website, assim como que tipo de domínios sua concorrência têm conseguido.
  • Agora adicione uma nova coluna e a nomeie de “Tag”. Nessa coluna, você poderá inserir os tipos de website que aquele domínio representa, lhe ajudando a encontrar aqueles que você considera de maior prioridade, como Diretório, Diretório Local, Notícias, Governo, Educação (ex: universidades), etc.

C. Importar para o Buzzstream ou Outro

Depois de criar sua planilha no Excel e eliminar os websites com autoridade de domínio (DA) baixa, irrelevantes ou que contenham spam, você irá querer exportar sua planilha final para uma plataforma de gerenciamento de RP Digital e Link Building.

Se Sua Lista de Concorrentes Tem “Mais Que” 10 Domínios

Já que não é possível utilizar a ferramenta de cruzamento de links (Link Intersect tool) no Ahrefs para mais de 10 coconcorrentes, você terá que fazer exatamente a mesma coisa que a ferramenta faz, mas manualmente. Lhe guiaremos por esse processo que leva mais tempo, mas pelo menos permitirá conseguir melhores insights e dados dentro de seu nicho (mais concorrentes).

Em muitos casos, você pode estar satisfeito em simplesmente seguir os passos do link building executado pelos seus 10 maiores concorrentes. Em outros casos, você pode nem sequer ter esses 10 competidores para lidar com as informações. Já em outros nichos, 10 representam somente a ponta do iceberg, então você definitivamente precisará de alguma coisa assim.

A. Cada “Referring Domain” (Domínio de Referência) que Seus Concorrentes Têm Backlinks Partindo Dele
wiideman-link-intersect-7
Para conseguir os domínios de referência de apenas um dos concorrentes que você quer que façam parte dessa pesquisa de análise competitiva de links, você terá que seguir os passos a seguir representados na captura de tela abaixo para cada um deles:

  1. Digite o domínio que você deseja pesquisar e clique em “search”;
  2. Clique em “Referring Domains”;
  3. Verifique se você clicou em “Live Index”, para que você possa conseguir os links atualmente ativos. Se você esquecer de fazer isto e manter a seleção “Fresh Index”, você também terá links perdidos ou quebrados em seus resultados;
  4. Clique no botão “Export” e faça o download do arquivo CSV.
  5. Volte para o passo 1 e repita para o próximo concorrente de sua lista;

B. Tabela Dinâmica (Pivot Table)

Aqui você irá criar uma tabela dinâmica (pivot table) com os domínios de referência de todos os concorrentes tiveram os arquivos CSV salvos no passo anterior. Primeiro, junte todos em apenas uma planilha, como você pode ver abaixo – você pode fazer a planilha com os domínios de referência do primeiro concorrente de sua lista como um arquivo principal (master file) – e copie/cole os do próximo concorrente logo depois da última fileira do anterior.
wiideman-link-intersect-8
O resultado parecerá com algo assim (abaixo), mas muito provavelmente com muitas e muitas fileiras (para deixar avisado, semana passada nós fizemos uma que tinha aproximadamente 600.000 fileiras!!!):
wiideman-link-intersect-9
Ok, então agora você está provavelmente pensando: “Bem, terão muitos duplicados se adicionar os domínios de referência de cada concorrente em apenas uma planilha!” E adivinha só? Você está certíssimo! Mas a ideia é essa mesmo. Juntaremos todos em apenas um planilha e depois o que a tabela dinâmica (pivot table) fará é lhe mostrar quantas vezes (frequência) cada um desses domínios apareceram.

Se você tiver alguma dificuldade em criar uma pivot table, logo publicaremos um post detalhando esse processo com um guia passo-a-passo.

Depois de sua tabela dinâmica estar concuída e você ter as frequências que você estava buscando, tudo que você precisa agora é copiá-la e fazê-la uma planilha editável novamente. Você pode fazer isso simplesmente copiando a tabela dinâmica e colando em uma nova pasta de trabalho (workbook).
wiideman-link-intersect-10

Esta captura de tela abaixo representa a nova pasta de trabalho depois de ser copiada de uma tabela dinâmica.

C. Adicione Seus Backlinks (ou de Seu Cliente)

Agora é hora de adicionar a planilha com seus domínios de referência (ou os de seu cliente) – também baixada do Ahrefs – logo acima da primeira fileira da nova pasta de trabalho criada depois de ser copiada da tabela dinâmica. Desta maneira, após remover as duplicadas dessa planilha final, você será capaz de manter somente os domínios de referência de seus concorrentes e que você ainda não possui backlinks com eles, sendo isso examente o que a ferramenta de cruzamento de links faz pra você. Veja abaixo:

Lembre-se que é extremamente importante lembrar de alinhar as colunas de maneira precisa, caso contrário, o processo de remoção de duplicadas (próximo passo) não funcionará.

D. Remoção de Duplicadas
wiideman-link-intersect-12
Agora, tudo que você precisa fazer é clicar em “Data” (Dados) e depois “Remove Duplicates” (Remover Duplicadas) no Excel (captura de tela abaixo). Também, lembre-se de pressionar “Ctrl + A” (ou “command + A” para Macs) para selecionar a planilha inteira antes de realizar o processo de remoção de duplicadas. E depois, tenha certeza de que está realizando esse procedimento com base somente na coluna “Referring Domains” – que é a informação crucial para isso.

E. Remova os Domínios que Você Já Possui Links Deles

Após finalizar o processo de remoção de duplicadas, é hora de remover seus domínios de referência que permaneceram no topo da planilha. Você será capaz de reconhecê-los como eles não possuem a coluna de frequência (“Frequency”).

O que isso fará é manter apenas os domínios de referência que você (ou seu cliente) ainda não possuem. Caso os seus domínios não fossem removidos, alguns que inclusive você possa vir a ter e seus concorrentes não, poderiam vir a ser considerados como oportunidades.

F. Limpe a Lista Final ao Remover Domínios de Baixa Qualidade

Essa parte da análise competitiva de links pode consumir muito tempo, já que você terá que ter que verificar um website de cada vez (praticamente) em sua planilha, mas é um processo extremamente importante e não pode deixar de ser executado. Você não vai querer adicionar a planilha inteira como “Oportunidades de Links” em sua plataforma de gerenciamento de RP Digital, pode acreditar nisso! Você não tem ideia (ou talvez até tenha) a quantidade de websites ruins, ou cheios de spam, que seus concorrentes acabam conseguindo alguns de seus links! Bom pra você, inclusive…

E, claro, você vai querer gastar seu tempo precioso com boas oportunidades de links. Lembre-se, a planilha final que você tem até esse momento lhe dá todos os domínios que seus concorrentes tem links com, mas que você ainda não. Sendo assim, é hora de limpar essa planilha.

Como uma recomendação final, ordene sua planilha por frequência e depois “domain rating” (DA). Isso tornará sua vida muito mais fácil, já que você estará examinando os domínios que a maioria dos competidores possuem inicialmente, e depois ordenar por autoridade de domínio (DA – maior para menor).

Aqui temos um passo-a-passo caso você não tenha certeza como ordenar de maneira customizada no Excel:

wiideman-link-intersect-13

  1. Ctrl + A (Command + A para Macs) para selecionar a planilha inteira
  2. Clique em “Sort” (Ordenar)
  3. Clique em “Custom Sort” (Ordem Customizada)
  4. Tenha certeza de que está selecionando “sort by” (ordenar por) frequência primeiro – valores maiores para menores – e depois por autoridade de domínio.

wiideman-link-intersect-14
Em conclusão, executar uma análise competitiva de links lhe dará uma vantagem sobre seus concorrentes. Seja para novas estratégias de RP Digital ou para aprender sobre o que seus concorrentes estão fazendo em Link Building. Você pode usar essa informação para descobrir quais de seus concorrentes estão trabalhando bem, ou não, e depois usar essa informação para trabalhar de maneira melhor que eles e evitar cometer os mesmos erros. Mantenha em mente que há muitos outros websites que te dão as ferramentas para fazer uma análise competitiva de links, mas para esse post optamos por utilizar o Ahrefs.

Escrito por Bryan Davidson e Leo Peixoto (Wiideman Consulting Group)
Conecte-se com o Bryan no LinkedIn
Conecte-se com o Leo no LinkedIn